TECNOLOGIA

Calendário astronômico de maio: 'superlua de sangue', meteoros e mais!



Este mês promete ser agitado no espaço. O calendário astronômico de maio tem, entre outros fenômenos, lua de sangue, chuva de meteoros, lançamento de dezenas de satélites de diferentes companhias e um rover chinês pousando em Marte. Confira as datas a seguir.

Mercúrio estará em sua maior elongação a leste. O planeta alcançará sua maior separação oriental do sol, brilhando intensamente em magnitude 0,3. Para vê-lo, basta olhar acima do horizonte ocidental logo após o pôr do sol.

26 de maio:

A lua cheia de maio terá início às 08h14 - horário de Brasília. Será a "superlua" mais próxima da Terra de 2021. Nesta noite também haverá um eclipse lunar total, conhecido como "lua de sangue". O fenômeno será visível da Austrália, de parte do oeste dos Estados Unidos, oeste da América do Sul e sudeste asiático.

27 de maio:

A empresa francesa Arianespace usará um foguete Soyuz para lançar 36 satélites em órbita. Eles farão parte da constelação de Internet OneWeb, que pretende fornecer internet para o mundo todo em um futuro próximo. A missão, chamada OneWeb 7, vai decolar do Cosmódromo de Vostochny, na Sibéria. Assista ao vivo.

30 de maio:

Conjunção da lua com Saturno. A lua irá oscilar aproximadamente 4 graus ao sul de Saturno durante o crepúsculo.

Outros lançamentos em maio:

Um foguete Falcon 9 da SpaceX irá lançar 60 satélites Starlink para a rede de banda larga da empresa na missão Starlink 25. O lançamento será feito do complexo de lançamento 39A, no Kennedy Space Center, base da NASA na Flórida. Assista ao vivo.O veículo indiano GSLV-F10 para lançamento de foguetes de órbita geoestacionária - igual à da Terra -, deve lançar em maio o GiSAT 1, satélite que  será capaz de fornecer imagens quase em tempo real. O lançamento será feito do Satish Dhawan Space Center, em Sriharikota, na Índia.O rover chinês Tianwen-1, que está orbitando Marte desde fevereiro, irá pousar no planeta vermelho em maio.A China irá lançar de um foguete Longa Marcha 7 a espaçonave de carga Tianzhou 2. A nave fará a primeira missão de delivery para a estação espacial chinesa. O lançamento será no Wenchang Space Launch Center, localizado na província de Hainan, na China.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



TECNOLOGIA  |   17/05/2021 22h30


TECNOLOGIA  |   17/05/2021 22h00


TECNOLOGIA  |   17/05/2021 21h30