TECNOLOGIA

Turismo espacial: startup vende passagens para viagens em balão



A partir desta quarta-feira (23), os interessados em viajar até o "limite do espaço" em uma cápsula transportada por balão já podem adquirir a passagem. De olho no mercado de turismo espacial, a startup americana Space Perspective abriu as reservas para os lugares disponíveis na nave Neptune One.

Com o primeiro voo programado para 2024, a empresa levará os turistas espaciais a uma altitude de 30 km, permitindo aproveitar uma "vista deslumbrante" da curvatura da Terra. Eles estarão a bordo de uma cabine pressurizada e de alto luxo, com capacidade para oito pessoas, além do piloto.

Poltronas reclináveis, banheiro, café da manhã, bebidas, Wi-Fi e janelas antirreflexo são alguns dos serviços oferecidos na nave. E a promessa é de uma viagem suave, graças ao balão especial do tamanho de um estádio de futebol, responsável por levar a Neptune One à altitude planejada.

Segundo a Space Perspective, a viagem começa antes do amanhecer, para que os passageiros vejam o Sol nascendo acima da Terra. No total, a expedição dura seis horas, com o pouso acontecendo no mar, onde um navio estará à espera dos turistas.

"Preço competitivo"

Um lugar na nave Neptune One custa US$ 125 mil, o equivalente a R$ 621 mil pela cotação do dia. Trata-se de um valor bastante alto, porém mais acessível que o cobrado por empresas como a Blue Origin e a Virgin Galactic, que utilizam tecnologias diferentes.

No caso da Virgin, as reservas, que não estão sendo mais aceitas, custavam a partir de US$ 200 mil. Já a empresa de Jeff Bezos leiloou um assento no voo inaugural, previsto para o dia 20 de julho, por US$ 28 milhões.

Preparando-se para a sua estreia, a Space Perspective completou com sucesso o primeiro voo de teste da Neptune, realizado na última sexta-feira (18).




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



TECNOLOGIA  |   23/07/2021 10h30





TECNOLOGIA  |   23/07/2021 10h21


TECNOLOGIA  |   23/07/2021 10h09