POLÍTICA

Bolsonaro não vai ganhar no grito, diz Renan sobre voto impresso


Renan Calheiros na CPI da Covid
Jefferson Rudy/Agência Senado
O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), disse ao blog que o presidente Jair Bolsonaro não vai ganhar no grito o debate sobre a votação da proposta de emenda constitucional que cria o voto impresso no sistema de urnas eletrônicas no Brasil.
"No grito, Bolsonaro não ganhará", disse Renan Calheiros ao comentar a defesa do presidente da República pela aprovação do voto impresso no Congresso Nacional, chegando a afirmar que, sem o que ele chama de voto auditável, não haverá eleição no ano que vem.
Segundo o relator da CPI da Covid, o discurso de Bolsonaro reflete o "desespero" de quem, para ele, perdeu "competitividade eleitoral". Para o senador, é uma busca de contestar desde já uma eleição que ele poder perder em 2022, quanto tentará a reeleição.
Renan Calheiros acredita que Proposta de Emenda Constitucional que cria o voto impresso nem chegará ao plenário da Câmara dos Deputados, sendo derrubada ainda na fase de tramitação da comissão especial.
Mas, diz, caso isso venha a acontecer, no Senado a PEC não passa.

O voto impresso não terá chance de ser aprovado no Senado. Servirá apenas de pretexto para retrocessos institucionais e contra os quais o Senado também se insurgirá

, acrescentou.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   21/09/2021 00h01