ENTRETENIMENTO

Como a biodiversidade e escravidão no Brasil influenciaram o pensamento de Darwin



O criador da Teoria da Evolução passou só algumas horas no arquipélago, quando o navio HMS Beagle (o mesmo que o levou às Ilhas Galápagos) atracou em 20 de fevereiro de 1832.

Darwin tinha apenas 23 anos. Embarcou no HMS Beagle como “companheiro do capitão” (uma espécie de cargo na época). O tal capitão era um cientista, Robert Fitzroy, e aprovou o jovem naturalista para a vaga. Darwin aproveitaria a expedição para estudar a biologia e a geologia de terras pouco exploradas. A viagem durou cinco anos.

Relacionadas
Hipótese de Darwin sobre insetos que não voam é confirmada após 160 anosComo foi a viagem que levou Darwin a criar a Teoria da Evolução?Como a vida de Darwin pode inspirar a sua
Noronha não impressionou o naturalista. Ele gostou mesmo quando o navio aportou em Salvador. Aí, sim, Darwin ficou sem palavras. Era a primeira vez que via uma de nossas matas por dentro. Ele comparou a garoa inglesa ao toró do Brasil:

Fui surpreendido por uma tempestade tropical. Procurei me abrigar debaixo de uma árvore, cuja copa cerrada seria impermeável à chuva comum da Inglaterra. Aqui, porém, após alguns minutos, uma pequena cachoeira descia pelo enorme tronco

.

Apesar da tromba d’água, ele não se abalou. Em seu diário de viagem, no dia 29 de fevereiro, escreveu que o dia havia transcorrido "deliciosamente". Mais do que isso:

delícia é termo insuficiente para dar conta das emoções sentidas por um naturalista que, pela primeira vez, se viu a sós com a natureza no seio de uma floresta brasileira

.

O viajante passou o final de fevereiro e a primeira metade de março em Salvador. Sim: Darwin conheceu o Carnaval baiano. Mas, diferente de Feynman, odiou. Na segunda-feira de Carnaval, enquanto dava um rolê pela cidade, o naturalista foi atingido por bolas de cera cheias de água e ficou empapado com sacos de farinha jogados pelos foliões. "Difícil manter a nossa dignidade".

Origem das espécies brasileiras


Foram 18 dias na capital baiana. Darwin gostava de se embrenhar na floresta para coletar aves, insetos, lagartos e plantas. Até escreveu para seu pai sugerindo que plantasse um pé de bananeira na propriedade que eles tinham na Inglaterra. A árvore ficou tão grande que ocupou toda a estufa.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ENTRETENIMENTO  |   18/03/2022 14h00





ENTRETENIMENTO  |   18/03/2022 12h30


ENTRETENIMENTO  |   18/03/2022 09h54